16 de jun de 2011

HABILIDADE

Sir Michael Costa estava a dirigir um ensaio no qual a orquestra tocava a par de um grande coro. A meio da sessão, com trombetas a retinir, tambores a retumbar, e violinos cantando a sua rica melodia, o tocador de flautim murmurou para si: "Que diferença estou eu a fazer? Posso muito bem não tocar. De qualquer maneira ninguém me poderá ouvir." Assim ele manteve o instrumento na sua boca, mas ele não criou qualquer som. Dentro de momentos, o maestro gritou: "Parem! Parem! Onde está o flautim?" O ouvido da pessoa mais importante de todas sentiu a sua falta. Acontece o mesmo com o uso de nossas capacidades para o Senhor. Quer o nosso talento seja grande ou pequeno, o desempenho não está completo até que façamos o nosso melhor com o que temos.

8 de jun de 2011

PEQUENOS PEDIDOS, GRANDES RESPOSTAS

No seu último encontro com Jesus, os apóstolos lhe fazem um pedido: a restauração de Israel, vale dizer,  a chegada de um tempo em que os israelitas tivessem estabelecida ou restabelecida a sua dignidade como povo, a partir da capital (Jerusalém).
Vejamos a resposta:
--  Vocês  serão capacitados para serem minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.
Eles pensam pequeno.
Querem a glória de uma nação e Jesus lhes oferece o palco do mundo.
Pensam em si mesmos e Jesus lhes mostra os outros.
Buscam uma bênção e Jesus lhes lega uma tarefa.

Quaisquer semelhanças com as nossas práticas não são meras coincidências.(Israel Belo)

3 de jun de 2011

SOLIDARIEDADE

Quando Sundar Singh, um célebre cristão indiano, viajava com seu guia, pelo Himalaia, foi atingido por violenta tempestade de neve. Arrastando-se pelo caminho, ele e seu companheiro tropeçaram num homem semi coberto pela neve. O guia insistiu para que prosseguissem dizendo que ao socorrer a vítima poriam em perigo a sua própria segurança. Enquanto o guia prosseguiu sozinho, Sundar ergueu aquele corpo in­consciente aos ombros e enfrentou a tempestade, parecendo estar em desvan­tagem. Assim que a noite caiu, a boca de uma caverna se abriu à frente, numa promessa de descanso seguro. Sundar, então, que se conservava aquecido pela carga extra que carregou, tropeçou no corpo gelado do seu guia. De acordo com o sentido do texto acima, a grande missão de nosso Se­nhor é a missão de cada cristão com relação aos outros. Embora não esteja­mos no serviço cristão por tempo integral, temos de ser cristãos integrais.