21 de mai de 2013

PROXIMOS EVENTOS



A ONÇA E A RAPOSA

 
Era uma vez uma onça que há muito tempo perseguia uma raposa, mas ela sempre lhe escapava.

A onça já estava cansada de ser enganada pela raposa. Assim, decidiu atraí-la para sua caverna.

Fez espalhar pela floresta a notícia de que havia morrido e deitou-se bem no meio da toca, fingindo-se de morta.

Todos os bichos vieram olhar o seu corpo, contentíssimos.

A raposa também veio, mas meio desconfiada ficou olhando de longe. E por trás dos outros animais perguntou:
- A onça já deu seus últimos suspiros?
Ninguém soube responder. E a raposa falou:
- Uma pessoa só morre de verdade depois que der seus três últimos suspiros de vida. Foi assim com a minha avó!
A onça, então, para mostrar que estava morta de verdade, suspirou três vezes.

A raposa fugiu, dando gargalhadas.

Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo.
I João 4.1

2 de dez de 2012

O REBENTO



Morávamos num imenso quintal, onde plantei diversas árvores frutíferas. Certa vez plantei um pé de caqui, mas, apesar dos meus cuidados, ele secou.

Numa noite gelada, em pleno inverno da região sul do Brasil, comentei com minha esposa:
- Amanhã cedo vou arrancar aquele pé de caqui que não vingou e vou plantar uma outra árvore em seu lugar.
Logo de manhã, peguei uma pá e fui até o pé de caqui, mas, quando fui arrancá-lo, tive uma feliz surpresa: ele havia largado uma única e pequeníssima folha verde. Parecia querer dizer-me: "Não me arranque. Não estou morto!".

Redobrei meus cuidados e ele "agradeceu-me" dando-nos saborosos caquis-café, da melhor qualidade.
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco

Então brotará um rebento do toco de Jessé,
e das suas raízes um renovo frutificará.

Isaías 11.4

8 de jun de 2012

Descanso

Uma águia está sentada numa grande árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê a águia e pergunta: “Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?“ A águia responde: “Claro, porque não?“ O coelho então, senta-se no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho. Moral da História: Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar sentado bem no alto!